Livraria

O mito individual do neurótico de Jacques Lacan estará em nossa Livraria

El mito individual del neurótico(Paidós, Buenos Aires, 2010)

Lacan inicia a conferência com o anúncio de que irá apresentar um tema "novo" e "difícil", e solicita a "indulgência" do auditório.
Considera o Complexo de Édipo um mito destinado a apreender, por meio da palavra, uma verdade que sempre foge.
A dimensão paterna em sua centralidade a divide em sua função normativa e a imagem sempre degradada do pai.
Para por à prova sua proposição, realiza uma apurada análise do texto do Homem dos ratos. Situa a função simbólica e os desdobramentos imaginários que presidiram a união dos pais e que se repetirão nos dilemas que submergiram o sujeito na neurose. Com as mesmas categorias, analisa as aventuras amorosas (amoríos) de Goethe.
Esse "pequeno drama" fantasmático é o mito individual do neurótico.
Já distanciado do estatuto universal do complexo de Édipo freudiano, ao remetê-lo à sua particularidade, conclui que o efeito patogênico se situa no intervalo entre a função simbólica do pai e sua condição de pai carente, "humilhado".

Diana Dukelsky