Imprensa e difusão

#AssuntosEpistolares 1

Envía: Lisa Erbin (EOL)

Queridas filhas:

Chegou o momento. Estou nas últimas e condenada. Os scanners estão bem, mas também é preciso escutar o corpo. Nunca confesso a ninguém todos os meus males. Digo alguns a alguns e os outros a outros diferentes. Estou muito cansada. Minha vida é difícil e ela não pode fazer nada além de deteriorar-se.

Desde que tomei esta decisão me sinto serena, apesar de ter medo da passagem.

Sois as duas pessoas que mais amei neste mundo e o fiz da melhor maneira possível, creiam-me.

Dais un abraço a vossos lindos filhos.

Lucile

PS: Sei muito bem que vos causarei tristeza, mas é inevitável antes ou depois e prefiro morrer viva.

Nada se opõe à noite, Delphine de Vighan, Anagrama, Barcelona, 2012